TV Jornal destaca: greve atinge todos os bancos de Serra Talhada, mas alguns serviços estão assegurados

Vários movimentos bancários como pagamentos, saques de valores mais altos, depósitos na área interna e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, no caso da Caixa Econômica, estão suspensos por tempo indeterminado em Serra Talhada, Sertão, desde o início da greve na última terça-feira (06).

Apesar da greve, 15% dos funcionários das agências de Serra Talhada trabalham normalmente para atender aposentados, pensionistas, desbloqueio de cartões e abastecer caixas eletrônicos.

 

Conversamos com três usuários insatisfeitos com a greve. Gustavo Simão, aposentado. Helena Torres, dona de casa e Vicente Medeiros, motorista. Eles  reclamam que alguns destes atendimentos não podem ser feitas nas casas lotéricas, lotadas com greve, terminais de autoatendimento e internet banking.

 

De acordo com o diretor do sindicato dos bancários na cidade, Carlos Bahia Barreto Campelo, todas as seis agências da cidade, as 3 públicas e as 3 privadas aderiram a greve. A reivindicação da categoria vai muito além do reajuste salarial. Confira a nossa matéria na TV Jornal/SBT: