Gatos famintos invadem praça de alimentação do pátio da Feira Livre de Serra Talhada

Esta imagem foi divulgada nas redes sociais por frequentadores incomodados da praça de alimentação de Serra Talhada, que como o nome já diz, local onde são servidas refeições e que costuma sediar eventos culturais. Alguns clientes estão deixando de ir ao local temendo pegar doenças dos animais errantes. “tá parecendo bar de ponta de rua, cadê a Prefeitura?” questionou um deles.

O poder público poderia atuar mais, pois o Hospital Municipal Veterinário no bairro Borborema, onde funciona um abrigo temporário, conta com um  veterinário a disposição para a castração de animais de rua (macho e fêmeas). Algo que prática evitaria essa quantidade de animais como vimos na imagem, pois diminuindo a reprodução, a população canina e felina ficaria mais velha e haveria um controle maior. Mesmo os animais voltando para a rua após a castração.

Não é de hoje que a representante da Ong amigos 4 patas, Dany Empaminondas,  vem reclamando do abandono de animais nas ruas. Muitos “donos” não tem a menor condição de criar (não me refiro apenas a financeira, mas a falta de consciência) e abandonam gatos e cachorros quando estão velhos ou doentes, ou não operam as fêmeas e quando nascem, as ninhadas são jogadas nas ruas.

Sem o aparato do poder público, o grupo de voluntários Amigo Quatro Patas realiza o trabalho de proteção, acolhimento e adoção de animais de rua no município há oito meses. Uma pequena sede própria foi inaugurada na AABB, mas está superlotada e precisando de apoio. Quem quiser ajudar, os telefones para contato são: (87) 9-9962-0480 ou (87) 9-9909-9187 (Falar com Dany Epaminondas).

Um Comentário

  • Danny Epaminondas

    Obrigada pela parte a mim direcionada.
    Realmente as pessoas soltam, abandonam de forma irresponsável.
    Mais o hospital recolhe e castra sendo de acordo a capacidade do mesmo.
    Não pode se fazer super lotação.
    A nossa realidade hj é de aumentos mesmo muitos deles sendo castrados, a cada 10 castrados 20 são soltos e parem em curto tempo.
    É um trabalho lento de castração mais que no futuro dará resultados.