Gabinete de Paulo Câmara gasta R$ 34,7 mil com gelo para a água e bebidas do governador do Estado

PREGAO_GELO

A despesa foi revelada pelo Diário Oficial do Estado que publicou Aviso de Adjudicação do objeto do Pregão Eletrônico nº 003/2015 à empresa Real Cereais Comércio Varejista Ltda. EPP. O Gabinete do Governador Paulo Câmara  teria pago R$ 34,7 mil apenas para o fornecimento de gelo.

Diante da enorme repercussão que o caso tomou, o blog da Noelia Brito investigou o que poderia ser feito com esses recursos e descobriu que seria possível a aquisição de pelo menos 7 máquinas de fabricação de gelo, portáteis, com capacidade, cada uma, de fornecer nada menos que 25kg/dia, mas pelo visto, o governador e seus assessores estão ansiosos pra entrarem numa “gelada”.

Pelo visto e pelo tipo de despesa, as finanças do Estado não estão tão ruins quanto o governador tem divulgado para justificar o não pagamento do piso aos professores, as gratificações devidas aos servidores do DETRAN, que já decretaram GREVE e outras despesas bem mais relevantes que o gelo para gelar a água gelada do Chefe do Executivo pernambucano.