Ex prefeito diz que aceita Geni na vice e secretário reponde denúncia que governo de ST acumula déficit de mais de 50 milhões e gasta mais do que arrecada

O ex prefeito de Serra Talhada, Carlos Evandro (PSB) disse no Sertão Notícias, da Cultura FM que aceita a indicação do primo e também ex prefeito da cidade, Geni Pereira, para vice.

Mas segundo o apresentador Anderson Tennes, Carlão garantiu que falou com o presidente estadual da legenda e atual secretário de transportes de PE, Sebastião Oliveira, que teria dito que “isso é coisa do Dr. Waldir e Rogério da Pitú”.

Carlos diz que ainda não tem candidato definido e vai conversar com o governador e que também já encomendou pesquisa opine para avaliar nomes dos pré candidatos em Serra Talhada.

O programa também ouviu o Secretário de Governo Josembergues Melo, que foi defender a prefeitura das denúncias do presidente do PR, Alan Pereira Sá, sobre déficit financeiro do governo municipal, no acumulado de três anos, de quase R$ 50 milhões – com base nos dados do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Segundo Allan, nos últimos três anos, o governo Luciano Duque (PT) sempre gastou mais do que arrecadou, acumulando um déficit que ultrapassa os R$ 50 milhões.  E de um déficit de quase R$ 10 milhões só em 2015.

Em resposta a Allan, Josembergues classificou as informações como fruto de má interpretação de um ‘louco’, ‘ingênuo’, ‘incapaz’, ‘irresponsável’ e ‘mentiroso’.se apegou a números do portal da transparência municipal.

“Especificamente sobre o exercício 2015, ele (Allan) aponta um déficit de aproximadamente R$ 10 milhões. Pelas as nossas informações que também são publicadas em todos os sites de transparência, há completamente o oposto, Serra Talhada em 2015 teve um superávit de R$ 8,2 milhões. Como é que se afirma que há um déficit de R$ 10 milhões quando há um superávit de R$ 8 milhões?”, rebateu Josembergues.