Ex gestores públicos de Serra Talhada e Belmonte acumulam contas rejeitadas no TCE

Alguns ex prefeitos do Sertão acumulam vários processos nas contas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas e entregue à Justiça Eleitoral. Em nome dos ex prefeitos de Serra Talhada, Carlos Evandro e Geni Pereira são 10 e 2 processos, respectivamente. Já o ex prefeito de São José do Belmonte, hoje deputado estadual, Rogério Leão tem 5 vezes as contas rejeitadas pelo TCE.
“Sinal de que no mínimo, é um mal gestor e ainda não fez nada relevante por Serra Talhada como deputado”, desabafa um internauta.
Já o ex-prefeito Carlos Evandro, de Serra Talhada, fez de tudo para se livrar do processo de ficha suja. Chegou até a apoiar, de última hora, nas eleições de 2014, um filho de um conselheiro do TCE para deputado estadual, mas não adiantou. Seu nome foi mantido na lista dos mais de 1,5 mil gestores públicos com contas rejeitadas.
Sendo assim, está fora das eleições e sua única saída é apoiar Victor Oliveira, neto do ex-deputado Inocêncio Oliveira, lançado pelo secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira.