Estudantes e servidores participam da II Semana do Meio Ambiente no campus Serra Talhada do IF Sertão-PE

Nos últimos três dias o campus Serra Talhada do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) realizou a II Semana do Meio Ambiente, que esse ano teve como tema: Caatinga – Mata Branca do Sertão. Como já previsto, o evento contou com uma palestra de abertura, oficinas e mesa redonda no segundo dia e foi finalizado na manhã desta sexta-feira (10), com uma trilha ecológica.

O evento teve início na noite da quarta-feira (08), no auditório do Colégio Cônego Torres. Os participantes assistiram à palestra ministrada pelo professor Miguel Leonardo Lima, que expôs e discutiu com o público a forma como a Caatinga é abordada no livro didático e na mídia nacional. Para ele, levar esse tipo de informação aos estudantes é importante porque é o bioma no qual o Instituto está localizado, sendo assim, necessário conhecer o seu entorno para que o futuro profissional atue melhor em seu campo de trabalho. “Não podemos imaginar alguém formado em Refrigeração, por exemplo, sem conhecer o funcionamento, dinâmica do bioma Caatinga e, sobretudo, os impactos que ele tem sofrido nos últimos anos. Quando se conhece, você pode atenuar essa problemática”, salientou.

Na quinta-feira (09), a programação começou pela manhã, na Autarquia Educacional de Serra Talhada – AEST. Os participantes assistiram às exposições de trabalhos feitos alunos do campus e se dividiram entre duas oficinas. A primeira deu instruções sobre como produzir sabão ecológico e a segunda, como fazer composteira caseira (estrutura feita de material orgânico que atua como adubo para o solo e plantas).

if

Á tarde foi realizada uma mesa redonda onde também se puderam ouvir mais lições acerca da Caatinga. O momento contou com as presenças dos professores Dr. Martinho Cardoso de Carvalho, Me. João Luiz da Silva e do estudioso sobre a Caatinga, Homem Bom Magalhães. Os três interagiram com a plateia e falaram sobre o bioma tal qual sua área de estudo.  Para Homem Bom Magalhães é muito positiva essa interação entre o IF Sertão-PE e a comunidade, a fim de que haja futuras parcerias. “Temos que somar essa produção de conhecimento daqui, das universidades, junto com as práticas tradicionais do pequeno produtor rural. É preciso haver maiores parcerias entre ambos”, destacou.

Para finalizar, na manhã da sexta-feira (10), foi realizada uma trilha ecológica na escola-fazenda do campus Serra Talhada. Conduzidos pelos professores Rômulo Medeiros e João Luiz Silva, os participantes, além de adentrarem na Caatinga, receberam uma aula de campo, sendo provocados a reconhecerem-se enquanto partes integrantes do bioma. Para a estudante Maria Elisa, a participação na Semana foi proveitosa como um todo porque despertou mais vontade de conhecer a Caatinga. “Gostei de ter sido provocada a conhecer e valorizar mais o meu bioma, a minha cultura. Todos os momentos que participei foram excepcionais e me transmitiram muito conhecimento”, afirmou a jovem.

Além dos alunos e servidores do Campus Serra Talhada, a II Semana do Meio Ambiente também contou com participação de estudantes de escolas e universidades do município. Idealizadora do evento, professora Ana Maria Camelo, destaca o crescimento e adesão dos participantes. “Já pudemos notar um crescimento de público e freqüência esse ano. Conseguimos diversificar as atividades, recebemos visitas do público externo. Isso mostra que o IF Sertão-PE tem ficado conhecido e atraído o interesse de mais pessoas”, concluiu. (Por André Nazário / Ascom)