Estudantes da Uast/UFRPE em Serra Talhada fecham rodovia em protesto a PEC 241

Alunos da UFRPE/Uast protestaram nessa nessa quinta-feira (13), ocupando a avenida Gregório Ferraz, que dá acesso a universidade, contra a PEC 241. O primeiro temor dos universitários é retirada do transporte gratuito para a unidade.

“Na  Univasf – Universidade do São Francisco Petrolina, os estudantes já perderam os Ônibus e aqui na UAST será o primeiro corte os Ônibus”, disse o aluno Marcelo Lopes, que cedeu as imagens para o jornal A Jornada on-line e nosso blog.

img-20161013-wa0011 img-20161013-wa0012 img-20161013-wa0013 img-20161013-wa0015 img-20161013-wa0016

img-20161013-wa0010

Um dos alvos do protesto foi o deputado federal Kaio Maniçoba, que votou a favor da PEC 241 (que limita os investimentos primários da União) e ainda é autor do Projeto de Lei 5173/2016 que pretende emancipar a UFRPE/Uast.

Por volta do meio dia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conversou com os manifestantes para desobstruir a estrada. Os manifestantes também cobram explicação da reitora Maria José de Sena sobre uma informação que a partir de 2017 os estudantes passariam a pagar a tarifa de R$ 4 para ir e voltar da universidade.