Confira os locais de Vacinação Antirrábica em Serra Talhada neste dia “D” da Campanha

Você que tem cães e gatos em casa, tem uma obrigação com seu animal de estimação neste sábado (02 de abril), dia nacional da Campanha de Vacinação Antirrábica, doença 100% letal para caninos e felinos. Em Serra Talhada a vacinação acontece nos postos de saúde, das 07h00 às 17h00.

“Apesar de marcarmos um dia específico para início da campanha, as vacinas vão estar disponíveis no Hospital Veterinário Municipal após essa data. A equipe da saúde ainda vai elaborar um cronograma de vacinação para a zona rural de Serra Talhada”, informou o Secretário Executivo de Saúde, Aron Lourenço.

Confira Postos de Vacina na zona urbana:

1 – USF ALTO DA CONCEIÇÃO

2 – USF BOM JESUS I

3 – USF BOM JESUS II

4 – CENTRO DE SAÚDE

5 – USF IPSEP I

6 – USF IPSEP II

7 – USF COHAB I

8 – USF COHAB II

9 – USF CAGEP E

10 – USF BORBOREMA

11 – USF SÃO CRISTÓVÃO

12 – USF CAXIXOLA

13 – USF MALHADA CORTADA

14 – USF MUTIRÃO

15 – USF VÁRZEA / AABB

16 – USF VILA BELA

VACINAÇÃO ESTADUAL

Em Pernambuco, espera-se vacinar 875.450 mil cães e 376 mil gatos, totalizando mais de 1,2 milhão de doses. Para a ação, realizada pelas prefeituras com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde (SES), serão oferecidos 7.350 postos de vacinação nos 184 municípios. A dose anual chega atrasada. A única contra-indicação é para fêmeas no estágio final da gestação. A indicação é imunizar animais a partir dos três meses de vida.
SAIBA MAIS SOBRE A RAIVA
A raiva é uma doença viral e infecciosa, transmitida por mamíferos. A vacinação desses animais é essencial para evitar qualquer caso de raiva humana. A enfermidade é uma doença 100% letal, transmissível de animal para animal e de animal para o homem, por meio da saliva. A passagem do vírus se dá no momento da mordida, arranhão e lambedura de qualquer mamífero infectado. Os cães são responsáveis pela maioria dos casos de transmissão da doença para o homem. Animais silvestres, como morcegos, raposas e macacos também podem transmiti-la.Cabe aos serviços municipais de Saúde o controle da transmissão da doença na zona urbana (na zona rural, a vigilância sobre os animais fica a cargo da Adagro). Como nas áreas urbanas os transmissores são basicamente os animais domésticos, a campanha de vacinação contempla, apenas, as populações canina e felina.

DADOS – O último caso de raiva humana em Pernambuco foi registrado em 2008, no município de Floresta. A transmissão foi por um morcego. Por cão, o último caso foi em 2006. Já a raiva canina ou felina vem decrescendo no Estado. Em 2012, foram registrados dois casos (caninas) e, em 2013 e 2014, não houve nenhum registro. Já em 2015, foi confirmada apenas uma ocorrência de raiva canina.