Em Belmonte, escola está desprezada pela Prefeitura e mãe de aluno diz que só tem valor quando vai votar

Moradores do Sítio Jurema, em São José do Belmonte, denunciam o descaso na Escola Virgílio Leite Cabral, que fica localizada na zona rural do município. Alguns pais de alunos reclamam do aprendizado defasado que a instituição dar aos estudantes e também da precariedade da infraestrutura da escola.

Uma mãe relatou ao Âncora do Sertão que os estudantes do sítio estão sendo prejudicados e ainda disse que cada uma das salas tem três turmas, enquanto só existem dois professores em cada sala – Os educadores tentam fazer de tudo para dar o melhor ensino possível, mas infelizmente falta investimento da Prefeitura Municipal de São José do Belmonte.

De acordo com informações, o prefeito Marcelo Pereira (PR) teria prometido realizar uma reforma, mas até agora nada. Os pais sentem indignação por ver uma situação de total descaso do poder público municipal, além, de estarem presenciando o prejuízo de tantos estudantes que vem o seu futuro deteriorado pela falta de estrutura e ação da prefeitura.

Uma mãe que não quis se identificar afirmou que pelo jeito o voto dos moradores da comunidade não tem valor algum, por que na hora de pedir votos são bem eficientes e prometem mundos e fundos, mas na hora de mostrar serviço, deixam a desejar.