Durante passagem por ST, Governador admite que o Hospam precisa de reforço mas nega pagamento atrasado de terceirizados

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, reconheceu a necessidade de reforçar, com materiais e novos médicos, o Hospital Regional Agamenom Magalhães (Hospam) em Serra Talhada, durante entrevistas na mídia local. Câmara garantiu que conseguiu resolver entraves fiscais para o ajuste da máquina estadual, o que torna possível planejar o fortalecimento do Hospam em termos de compras de equipamentos e contratação de funcionários, jà que estava impedido por lei, após ter ultrapassado o limite de gastois no ano passado.

Ele afirmou que só estava esperando a divulgação dos relatórios de responsabilidade fiscal para anunciar a contratação de novos novos médicos, novos enfermeiros, técnicos de enfermagem. Além de fazer novas licitações de equipamentos de materiais hospitalares. No entanto, o governador negou que esteja devendo três meses aos funcionários terceirizados do Hospam. Disse que da parte do governo do estado os pagamentos já foram regularizados desde o final de 2015. Mas vai verificar o que está acontecendo.

Um Comentário

  • Reinaldo

    Dezembro, Janeiro,fevereiro e ainda férias é o que estamos esperando receber de uma empresa horrível chamada Mega Serviçe. Agora de onde vem o entrave não sabemos, se é ou não falta de repasse… alguém está mentindo nessa história. Ou o governador ou a empresa !