Duque tem 65,1%, Victor 23,1% e Otoni 1,7%, revela a última pesquisa do múltipla antes das eleições em Serra Talhada

pesquisa

Luciano  Duque (PT) tem 65,1% das intenções de voto na corrida à prefeitura de Serra Talhada, contra Victor Oliveira (PR) que chegou a 23,1%, crescendo apenas dois pontos, e Otoni Cantarelli com 1,7%, oscilando sete décimos acima. Neste cenário, 10,1% não opinaram.

No cenário espontâneo, quando não são apresentados os nomes dos candidatos para os entrevistados, Duque aparece com 57,4% das intenções, contra 19,7% de Victor Oliveira e 0,6% de Otoni Cantarelli (PCdoB).  Não sabem ou não opinaram 22,3%.

estimulada-serra

A pesquisa realizada pelo Instituto Múltipla, de Arcoverde, contratada pelo blog de Nill Júnior, foi a última da série realizada com os principais colégios eleitorais do Pajeú.

O Múltipla também calculou o piso e o teto de cada candidato, com base na margem de erro, com 5,5%. Na estimulada, Luciano Duque tem entre 59,8% e 70,4%. Já Victor Oliveira tem entre 17,8% e 28,4%. E Otoni Cantarelli tem entre 0% e 7,2%.

A pesquisa Múltipla foi realizada nas zonas urbana e rural de Serra Talhada  entre 19 e 21 de setembro sob o número de registro PE-00503/2016. O intervalo de confiança é de 95% com margem de erro 5,7% para mais ou para menos. O universo de amostra foi composto por 350 entrevistas, maior que os anteriores.

Veja agora o quadro que mostra a evolução dos candidatos considerando as últimas três pesquisas realizadas pelo Instituto em Serra Talhada.

O candidato do PCdoB Otoni Cantarelli continua  liderando o item rejeição em Serra Talhada de acordo com pesquisa dos Instituto Múltipla encomendada pelo blog  e divulgada hoje. Ele tem 48,3% de rejeição, quando o eleitor é perguntado sobre em quem não votaria de jeito nenhum.

rejeicao-serra

Já no caso do candidato Victor Oliveira, a rejeição chega a 28,2%. O Prefeito e candidato a reeleição Luciano Duque  tem 13,2% que dizem não votar nele de  jeito nenhum. Não sabe ou não opinaram, 10,3%. O número somado pode chegar a mais de 100%, o que não foi o caso, porque neste cenário o eleitor pode rejeitar até três nomes.