Decretada prisão de jovem suspeito de duplo homicídio em Floresta na véspera das eleições

O juiz da Vara Única da Comarca de Floresta, Dr. Gabriel Augusto, decretou nessa terça-feira (4) a prisão preventiva de Djailton Luiz Lira de Sá Bezerra Novaes, de 22 anos. De acordo com o o blog do Elvis, o jovem é suspeito de ter matado dois homens no dia 1º de outubro deste ano na Terra dos Tamarindos.

O crime aconteceu às vésperas da votação das Eleições 2016, nas proximidades de Betinho Bar, área central da cidade. Djailton Luiz e outro homem teriam se aproximado de Tyago César de Souza Gomes e Alessandro Alves de Barros em uma moto e efetuado vários disparos com arma de fogo. RELEMBRE A NOTÍCIA AQUI

Durante a abordagem Djailton também foi baleado. De acordo com dados do processo disponível no Tribunal de Justiça de Pernambuco, ele foi socorrido em uma ambulância do hospital de Floresta para o Hospital Memorial de Arcoverde sem o conhecimento da polícia. Devido à gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para o Hospital Regional de Caruaru, onde recebeu voz de prisão e ficou custodiado.

Djailton iria ficar preso na Cadeia Pública de Belém do São Francisco, mas como não há efetivo policial suficiente e condições de adequado tratamento médico, ele foi transferido para o presídio de Salgueiro, também no Sertão de Pernambuco, onde ficará a disposição da Justiça.