Crise na Saúde de PE provoca interdição de leitos no Hospan de ST e demissões de motoristas do HR em Afogados. Escute:

A crise na saúde no Estado de Pernambuco vem se agravando nos últimos dias do Cais ao Sertão. Em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, oito leitos do Hospam – Hospital Regional Agamenon Magalhães foram fechados, a compra de medicamentos foi reduzida e terceirizados foram demitidos por falta de pagamento.

A diretora da Unidade, Mauriciana Pereira disse que os pacientes não serão prejudicados pois serão internados na Atenção Básica do Município. Quanto aos pagamentos devem ser regularizados este mês.

Em Afogados da Ingazeira, seis motoristas que dirigiam as ambulâncias do Hospital Regional Emília Câmara foram demitidos. O médico Roberto Vicente fez um apelo para os outros municípios façam uma triagem para saber se realmente é necessário deslocar o paciente para o Emília Câmara. Escute nosso editorial e saiba porque a situação da Saúde é crítica no Estado.

A empresa terceirizada Líber anunciou aviso prévio para os seus funcionários que atuam no Hospital Regional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira. A empresa está com o pagamento atualizado junto aos servidores mas sofre dificuldades no repasse por parte do Governo do Estado.

De acordo com a Diretora do HR Leandra Saldanha, o lanche dos funcionários foi suspenso por falta de verba e admitiu que a cozinha do regional poderá ser terceirizada.

Um Comentário

  • nazim ibrahim ahmad

    Estou a procura de uma amiga chamada Arlinda Bezerra de Moura, viúva de Pedro Bezerra de Moura e seu Filho “Carlinhos”, aguardo contato pelo telefone 19 981183037, agradeço antecipadamente. Saudações amistosas.