Criança com câncer é vítima do descaso da secretaria de saúde de Serrita-PE

samya

Nesta segunda, 16, um simples pedido de assistência para uma criança com câncer foi parar na Delegacia de Polícia e no Ministério Público de Serrita-PE. Sem solução, o caso terminou no Ministério Público Federal, em Salgueiro-PE.

De acordo com a Redação do Radar Net, durante toda semana, a senhora Elaine Porfírio da Silva tentou, em vão, levar a filhinha de 2,5 anos de idade para se submeter à penúltima sessão mensal de quimioterapia agendada para esta segunda, 16. O tratamento está sendo realizado no Hospital do Câncer do Recife. Após esta fase, a criança vai receber mais 56 sessões de quimioterapia (mais leve e semanal).

A pequena Sâmya, além do câncer, vem enfrentando o descaso da secretaria de saúde da cidade. O médico oncologista já recomendou que a menina evitasse se deslocar em ônibus fechado, em razão da baixa imunologia. O ônibus da empresa Progresso, credenciado ao TFD – Tratamento Fora de Domicílio, não é adequado para o deslocamento da paciente.

“Eles não querem resolver nada. Hoje só tive decepção. Decidi lutar ainda mais para minha filha vencer esta doença. Estou sem estudar, somente cuidando da menina. E agora eles me jogam de lado pro outro. Querem que eu pegue carona nos carros da secretaria e na hora que eles decidem. Todo mundo sabe que no Hospital do Câncer tem agendamento. Estou muito preocupada com esta situação”, lamentou Elaine Porfírio.

O presidente da ONG CIBEM ainda conversou com a secretária de saúde tentando resolver. ”Ela não quer se sensibilizar. Ela veio querer dá aula de diretrizes do TFD. Em breve, a secretária de saúde saberá que tudo tem conseqüências, inclusive descumprir diretrizes”, salientou o pastor Chico.

A mãe e a filha foram conduzidas ao Ministério Público Federal e, em seguida, ao advogado da ONG CIBEM/ONG RADAR, Dr. Kayo Lima. A procuração já foi assinada e os documentos entregues para o ingresso imediato de um Mandado de Segurança/Obrigação de Fazer.

No final de novembro, outra ação judicial será protocolada para reparar os danos causados à pequena Sâmya. Há fortes indícios do tumor ter sido causado por iatrogenia (erro provocado por profissionais de saúde).

Um Comentário

  • maria inalda rodrigues lial

    sei bem o q é passar por isso, pois já fiz tratamento em recife no hospital da restauração e sei como é difícil principalmente quando é pra depender da secretaria de saúde daqui, mas vc vai vencer deus é mais e está contigo e não com falsos profetas que tem por ai, saiba que serrita inteira está do seu lado.