Comportas da Barra do Juá, em Floresta, tem conserto concluído para receber água da transposição do rio São Francisco

As comportas da barragem de Barra do Juá, reservatório que possui 71 milhões de metros cúbicos, teve seu conserto finalizado hoje pela secretaria de agricultura do estado, e já está em condição de receber água do canal do eixo leste da transposição.
O deputado Rodrigo Novaes chegou a realizar audiência pública em Floresta para tratar do assunto. A obra é o primeiro passo para que se consiga efetivar a perenização do riacho do Navio, favorecendo milhares de famílias na região. Ela dará início a um novo ciclo.
Busca-se também a liberação para a barragem de Poço da Cruz e no eixo norte para a barragem Nilo Coelho, em Terra Nova. Segundo Novaes, são “iniciativas como essas que dão sentido à obra da transposição no sertão pernambucano. Sem isso, não tem sentido tanta espera pelo sonho da integração das bacias.”
Agora sem empecilho técnico, o governador Paulo Câmara articula pela liberação da água da barragem do Muquém para Juá, que deve se dar nos próximos dias.