Compesa comunica conclusão dos serviços de manutenção da Adutora do Pajeú mas população continua reclamando do abastecimento de água em Serra Talhada

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa )enviou nota comunicando a conclusão dos serviços de manutenção da Adutora do Pajeú e que o abastecimento será normalizado gradativamente. Confira a nota:

“Comunicamos que foi concluída a manutenção na Adutora do Pajeú e o sistema já esta em operação, assim sendo, após o devido tratamento da água, a vazão de abastecimento de Serra Talhada será aumentada de imediato e normalizada gradativamente ao longo das próximas 24h.

Durante a semana que se passou sofremos com rompimentos da Adutora quase que diariamente devido a alguns fatores que agem de forma isolada ou combinada:

1 – Solos encharcados que propiciam o deslocamento, o deslize, da Adutora;

2 – Algumas Bases de sustentação descobertas, pois a água da chuva arrastou o material que as enterrava no solo;

3 – Frequentes faltas de energia na região das elevatórias, o que acarreta violentos golpes de pressão na Adutora.

A Compesa está trabalhando para enterrar todas as bases identificadas com problemas e compensando com o máximo de vazão possível da Barragem Cachoeira sem que prejudique a acumulação d’água devido ao nível ainda muito baixo da barragem. Em paralelo a Celpe esta tomando medidas para reduzir/evitar quedas de energia como inspeção, podação de árvores e substituição de equipamentos danificados em sua rede elétrica.

Antecipadamente agradecemos à atenção e nos colocamos a disposição para qualquer esclarecimento.

Atenciosamente,Gerência Regional Serra Talhada. Fone: (87) 3831-9638”.

Clique abaixo e confira a matéria da TV Jornal mostrando moradores revoltados com a falta de água e a previsão de quando vai começar o rodízio de 48 horas