Cinco mulheres são agredidas pelos companheiros em apenas um dia em Serra Talhada

O caso mais grave aconteceu por volta das 01h25 desse domingo (17), quando um idoso denunciou o genro de espancar a filha e manter a mesma juntamente com netinha em cárcere privado. A Polícia militar arrombou a porta e encontrou a vítima machucada, ela relatou que o companheiro ainda tinha batido a cabeça dela contra a parede, antes de dar vários socos. Em seguida deixou a mesma trancada com a criança.

 

Outro caso de cárcere privado aconteceu no início da tarde. Após espancada pelo marido, uma mulher foi trancada na residência desde o dia anterior, segundo a mesma que não o denunciasse. No entanto, ela conseguiu sair no dia seguinte e pedir ajuda ao policiamento. A vítima apresentava um hematoma no olho direito provocado por uma pancada de capacete de moto, queixo e pescoço roxo e hematoma no braço direito. O agressor não foi localizado.

O primeiro registro foi ás 11h20 desse domingo. Uma mulher foi localizada com vários hematomas, inclusive no olho direito. Ela afirmou a polícia que teriam sido provocados pelo companheiro, que não foi localizado.

Em seguida, outra mulher informou que se desentendeu com o companheiro e foi com socos no olho, puxões de cabelo e jogada ao chão, ocasionando ferimentos na perna. Meia hora depois, mais uma vítima procurou a PM para dizer que o companheiro embriagada estava muito agressivo, quebrando móveis e fazendo ameças. Todas as vítimas compareceram a delegacia, juntamente com quatro dos acusados.