Chuvas abaixo do esperado secam açude turístico de Triunfo

O nível do açude principal do município de Triunfo, no Sertão de Pernambuco, diminuiu. O reservatório fica abaixo do teleférico, um dos principais pontos turísticos e cenário de cartão postal da cidade.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o período em que mais chove no Sertão (quadra chuvosa) são os meses de janeiro a abril. Porém, nos últimos três meses choveu abaixo do esperado na cidade. Em janeiro e fevereiro, foram 130 mm de chuvas, o que corresponde a 43% do esperado, que era de 304 mm.

Em março, foram 80 mm de chuvas, 35% do esperado (226 mm). A previsão para estas quinta-feira (30) e sexta-feira (31), os dois últimos dias do mês, é de chuva fraca a moderada em todo o Sertão. Entretanto, mesmo que a previsão se concretize, não será possível atingir o valor de precipitação aguardado.

De acordo com o meteorologista Apac Roberto Pereira, a zona de convergência intertropical é o sistema meteorológico que atua na região equatorial, onde fica o Nordeste. A partir de janeiro, o sistema se desloca para o Hemisfério Sul e é responsável pelas chuvas no Sertão. Quando as temperaturas do Oceano Atlântico estão altas, a umidade favorece o deslocamento do sistema para o Sul. Porém, as temperaturas do Atlântico estão mais baixas do que o normal, o que dificulta o deslocamento e, consequentemente, interfere na ocorrência de chuvas, principalmente no Sertão. (NE/10 interior)