Caprinos do IPA em Sertânia são grandes campeões na Exposição de Animais

Os caprinos de leite da Estação Experimental de Sertânia do Instituto Agronômico de Pernambuco/IPA foram campeões de algumas categorias, da raça Saanen, realizado na manhã desta terça-feira (17/11), na pista de julgamento da Exposição Nordestina de Animais, no Parque do Cordeiro.

Além de campeões de categoria, dois deles levaram os títulos de reservada (2º lugar) e de Grande Campeã da Raça (1º lugar). “São animais registrados puros de origem (PO), que além de especializados na produção de leite representam muito bem a raça”, explica o pesquisador do IPA, Fernando Lucas Mesquita.

A premiação é o reconhecimento do trabalho desenvolvido na Estação Experimental do IPA, em Sertânia, que funciona como um Centro de Treinamento e Profissionalização em Caprinovinocultura, sendo mais conhecida como Fazenda Cachoeira/IPA.  A unidade realiza trabalho de melhoramento de raças nativas e especializadas em leite e carne.

“No local, vem sendo trabalhada as raças especializadas em produzir carne e leite, além de núcleos de conservação de genótipos nativos, buscando ofertar material genético de elevado potencial produtivo e/ou adaptado para toda região”, explica o diretor de Pesquisa do IPA, Antonio Raimundo.

 

Nesse sentido, desenvolve pesquisas nas mais diversas áreas – forragicultura, alimentação, nutrição, manejo e biotécnicas da reprodução – de forma a possibilitar programas de inseminação artificial e transferência de embriões para o melhoramento genético das raças. “A ideia é provocar um maior desenvolvimento produtivo dos rebanhos”, pontua o presidente do IPA, Gabriel Maciel.

Nos últimos anos, o Instituto investiu na ampliação da estrutura física da Estação, a fim de apoiar a caprinocultura de leite com baias suspensas, baias de crescimento, sala de ordenha e ordenhadeira mecânica.

O IPA de Sertânia possui um rebanho de, aproximadamente, 700 cabeças entre caprinos e ovinos, distribuídos nas seguintes raças: Morada Nova, Anglo Nubiana, Moxotó, Saanen, Toggenburg, Savana e Alpina. Esse banco de germoplasma de caprinos e ovinos será utilizado para o melhoramento genético do rebanho de Pernambuco.