Candidatos do concurso aberto do Banco do Brasil podem responder as provas em Serra Talhada

O Banco do Brasil divulgou esse mês edital de concurso para o cargo 860 vagas de escriturário. São 95 vagas imediatas e 860 para formação de cadastro de reserva. O salário é de R$ 2.227,26. A Cesgranrio é a organizadora responsável pela seleção. No site do “Diário Oficial da União” é possível ver o edital. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.

 

As inscrições estarão abertas de 11 a 31 de agosto pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 42. A seleção será feita por meio de avaliação de conhecimentos (25 questões de conhecimentos básicos e 45 de conhecimentos específicos) e prova de redação. Ainda haverá perícias médicas e procedimentos admissionais. A seleção externa terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogada, uma vez, por igual período.

 

Os candidatos devem ter nível médio  e poderão responder as provas objetivas em 18 de outubro, nas cidades de Maracanaú (CE), Itapipoca (CE0, Sobral (CE), Quixadá (CE), Russas (CE), Cratéus (CE), Juazeiro do Norte (CE), Fortaleza, João Pessoa, Campina Grande (PB), Patos (PB), Sousa (PB), Recife, Jabotão dos Guararapes (PE), Olinda (PE), Palmares (PE), Vitória de Santo Antão (PE), Timbaúba (PE), Caruaru (PE), Garanhuns (PE), Serra Talhada (PE), Petrolina (PE), Parnaíba (PI), Teresina, Picos (PI), Floriano (PI), Natal, Mossoró (RN), Aracaju, Estância (SE), Nossa Senhora da Glória (SE), Itabiana (SE), Lagarto (SE) e Capela (SE). A duração é de 5 horas

 

Entre as funções do cargo estão comercialização de produtos e serviços do banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), entre outras atividades. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e 20% para pessoas pretas e pardas (PPP). (Os termos preto e pardo são os utlizados oficialmente pelo IBGE).

 

As oportunidades são para Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.Além do salário, o BB oferece participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente, vale-transporte, vale-cultura, auxílio-creche, ajuda alimentação/refeição, auxílio a filho com deficiência; plano odontológico, assistência médica (planos de saúde) e previdência privada.