Câmara de Vereadores de Serra Talhada retira da última pauta do ano o projeto que reduz o recesso parlamentar duplo

A Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada retirou da pauta da última sessão ordinária do ano, o projeto que reduz as ferias anuais de dois para um mês, igual aos demais trabalhadores. O projeto de autoria do ex vereador Marcos Oliveira, foi ressuscitado pelo líder da oposição, Antonio de Antenor. A expectativa foi frustrada na reunião da noite de segunda-feira (18). Assista a matéria da TV Jornal Interior:

 

Na oportunidade, também foi debatido no Plenário Manoel Andrelino Noguerira, o uso de botijões de gás de cozinha em bares e lanchonetes de Serra Talhada, uma iniciativa do vereador Rosimério de Cuca, que convocou o Corpo de Bombeiros para esclarecimentos após a explosão de alguns botijões nos últimos meses em estabelecimentos comerciais da cidade.

Ainda na pauta, foram votadas três indicações e uma moção de aplausos apresentadas pelos vereadores, além de votação única do Projeto de Resolução Nº 013/2017, de autoria do vereador Rosimério de Cuca, que concede o Troféu Cidadão Que Faz ao senhor Abel Alves Sobrinho (Abel Caiçara) e segunda votação do Projeto de Lei  Nº 041/2017 , de autoria do vereador André Maio, que proíbe o uso de capacete fechado e viseira escura no perímetro urbano de Serra Talhada. Uma lei que para os analistas já nasce morta do ponto de vista legal.