Borracheiro de 65 anos é assassinado a tiros em Floresta e acusados conseguem fugir mas deixam para trás moto e armas utilizadas no crime

Pelo visto a passeata pela paz em Floresta, no Sertão de Itaparica, não surtiu resultados. Um homem chamado Francisco de Assís de Souza, conhecido como “Chico Borracheiro”, 65 anos, foi assassinado a tiros na noite deste sábado (12) em Floresta, no Sertão de Itaparica.

De acordo com o blog do Elvis, o crime aconteceu por volta das 19h na Avenida Central da Ermida, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal. Ele havia perdido um filho assassinado há pouco tempo na cidade.

De acordo com a nota da Polícia Militar, uma equipe da Ciosac ouviu disparos de arma de fogo e chegou rapidamente até o local do crime. Eles avistaram dois homens fugindo em uma motocicleta Honda CG 150 Titan KS, preta, placa KGU 4053 e começaram a perseguição pela caatinga.
Os suspeitos entraram em uma estrada de terra e perderam o controle da moto. Durante a queda eles deixaram para trás duas Pistolas Taurus: Uma PT 100 AF.40 STL 07815 com 01 carregador de capacidade para 11 munições e a outra PT 100 AF.40 STL 07815 com 01 carregador de capacidade para 11 munições.
A primeira pistola, .40, é carga da 1ª CIPM e foi assaltada no dia 25 de maio de 2012 próximo a curva de Riacho Pequeno. A arma pertencia ao cabo Ronivaldo, que hoje atua no 7º BPM. Em seguida, os dois homens fugira a pé pela caatinga.
Abílio Manoel de Souza Filho, de 62 anos, estava no local e foi atingido por um tiro na perna, mas não corre risco de morte. Ele foi socorrido para o hospital Alvaro Ferraz e depois precisou ser transferido para HRA em Caruaru. O crime está sendo investigado pela Polícia Civil. Ninguém foi preso. Este já é o terceiro homicídio em menos de uma semana.