Blog usa dívidas de gestões passadas e as associa a administração atual de Flores, informa Assessoria

O site: http://www.stmais.com/, estampou notícia intitulada: “Modelo de gestão instalado em Flores na mira do TCE-PE, [sic] administração coleciona irregularidades”, assinado pelo blogueiro Jr. Campos. Em resposta, a Assessoria de Comunicação do município afirma que de início o blogueiro confunde o leitor afirmando que as contas da Prefeitura de Flores, referentes ao exercício de 2013, foram rejeitadas. Diz a nota na íntegra:

Todos os números apresentados pelo blogueiro na sua matéria foram, deliberadamente, associados à atual gestão de forma leviana, já que o montante das dívidas foi, em verdade HERANÇA MALDITA que o atual governo da Prefeita Soraya recebeu da gestão passada, dívidas essas que foram e estão sendo parceladas, e esse compromisso vem afetando negativamente as contas atuais da Prefeitura. Senão, vejamos:

1. INSS: A dívida registrada na Contabilidade em 2012, totalizava R$ 2.702.703,80. Em 2013 foram pagos do parcelamento da dívida, no montante de R$ 316.389,49; Em 2014, pagou‐se R$ 156.179,31; e até junho de 2015 foram pagos R$ 96.688,36. Portanto, nesse período foram pagos pela gestão atual R$ 569.257,16. Para concluir a dívida, falta quitar R$ 2.133.446,64.

2. FUNPREF (PREVIDÊNCIA PRÓPRIA): Não foi registrado na Contabilidade do ex‐prefeito nenhum valor relativo à dívida. O governo atual fez, também, parcelamento da dívida oriunda da gestão passada no valor de R$ 3.793.013,67. Em 2013 foram efetuados pagamentos da dívida no montante de R$ 490.557,47. Em 2014, pagou-se R$ 644.920,18 e, até junho de 2015 quitou-se R$ 376.203,45. Portanto, nesse período (2013 a 2015), foram pagos R$ 1.511.681,10, somente ao FUNPREF. Para sanar a dívida ainda faltar quitar R$ 2.281.332,57.

3. CELPE: Não foi registrado na Contabilidade do ex‐Prefeito nenhum valor relativo à dívida. Em 2013 foram realizados pagamentos ao parcelamento de dívida no montante de R$ 70.924,30. Para sanar a dívida ainda faltar quitar R$ 100.434,32.

4.PRECATÓRIO TJPE: Em 2013 foram realizados pagamentos ao parcelamento de dívida no

montante de R$ 176.498,93; Foram pagos na gestão atual (2013/2015) o montante de R$ 176.498,93, relativos aos Precatórios de Exercícios anteriores.

5.PRECATÓRIO TRT: Em 2013 foram realizados pagamentos ao parcelamento de dívida no

montante de R$ 14.529,60; Em 2014 pagou-se R$ 572.612,48. Na gestão atual (2013 a 2015), foram pagos R$ 587.142,08 somente ao TRT, relativos aos Precatórios de exercícios anteriores.

TOTAL DAS DÍVIDAS ‐ Em 2013, foram realizados pagamentos ao parcelamento de dívida na

ordem de R$1.068.899,79; Em 2014 esse valor aumentou para R$ 1.373.711,97 e em 2015, foram pagos R$ 472.891,81 . Foram pagos na gestão atual(2013/2015) o valor total de R$ 2.915.503,57.

Ainda faltam ser pagos dívidas dos ex‐gestores no valor de R$ 4.515.213,53. Confira o demostrativo:

Demostrativo_Dívidas (1)

E finaliza: “Lamentavelmente – para o blogueiro Jr. Campos, claro – o Tribunal de Contas de Pernambuco APROVOU AS CONTAS DE 2013, de Soraya Morioka, como noticia o site http://www.s1noticias.com/, no link: http://www.s1noticias.com/contas-de-2013-da-prefeita-de-flores-sao-aprovadas.html#axzz3hmGpt35h. “A sanha de rival ao governo atual de Flores priva o blogueiro Jr. Campos de autoridade e de confiança, por parte dos leitores, quando publica matérias sobre a atual gestão. Em seu antigo pasquim, todas as ações e obras públicas realizadas pelo atual governo nunca foram divulgadas, o que mostra parcialidade na prática da comunicação de massa. Esperávamos que sua incapacidade de agir de forma republicana não fosse aceita no atual veículo de comunicação (http://www.stmais.com/) onde trabalha. Infelizmente não foi o que se deu. (A informação) se configura um acinte ao jornalismo sério e uma desonestidade que (não) dá gosto!”.