Bandidos levam quase R$ 100 mil de comerciante em Araripina e Agência bancária é arrombada em Venturosa

Bandidos em uma motocicleta da cor preta e praticaram um assalto nesta segunda-feira (03) em Araripina, no Sertão pernambucano. Eles invadiram um estabelecimento comercial do ramo agropecuário e levaram uma quantia de quase R$ 100 mil.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos anunciaram o assalto e levaram R$ 750, além de uma bolsa contendo cheques no valor total de R$ 95 mil. A Polícia Militar tentou perseguir a quadrilha mas a viatura quebrou no meio do caminho, o que contribuiu para a fuga dos ladrões. A PM ainda continuou a busca em um veículo particular, mas não conseguiu localizá-los.

 

Em  Venturosa, elementos fortemente armados com armas longas de grosso calibre, invadiram a agência bancária do Banco do Brasil no Centro da cidade, por volta das 02h00, dessa terça (04).

 

Os bandidos fecharam as vias de acesso à cidade para evitar o apoio de viaturas da polícia do 3º BPM. Três GT’s tiveram os pneus danificados, durante o trajeto, em virtudes de grampos que foram lançados no asfalto, além de veículos usados para interromper o tráfego o que prejudicou as diligências.

O policiamento encontrou a agência parcialmente destruída na área em que estava o cofre, porém não foram danificados os caixas eletrônicos. Segundo populares, os assaltantes ainda usaram uma caminhonete de cor preta, placa NPY6557 e um Fiat Strada de cor vermelha os quais fugiram no sentido da barragem da Ingazeira naquele município, onde as cinco vítimas reféns, João Raimundo da Silva, 48 anos, vigilante, Val do Queijo Renato motorista de “Tonho do Barraco”, Orlando de Ozório e Zé Maria Barateiro foram liberadas.

No local foram encontradas 04(quatro) balotes cal. 12 deflagrados; 03(três) cápsulas cal. 7,62 mm.; 02(cartuchos) cal. 38; 01(cápsula) cal. 44 mm.; grampos de ferro e 01(uma) touca de cor preta. A quantia levada não foi informada pela agência bancária. Todo material apreendido foi entregue na DP local para as devidas providências.