Augusto César afirma que pré-candidatura do PTB a Prefeitura está mantida, já ausência de Sebá pode prejudicar projeto do PR

O deputado Augusto César (PTB) garantiu que o projeto político da pré-candidatura de Dr. Nena a Prefeitura tem autonomia e no momento não existe possibilidade de recuou. “Temos uma candidatura posta, uma eventualidade pode acontecer, mas neste momento temos pré-candidato com todas as condições de fazer um governo diferente em Serra talhada”, afirmou em entrevista a Rádio Líder FM.

Augusto ainda afirmou que a postura do presidente estadual do PR, Sebastião Oliveira, pode prejudicar o projeto da legenda chegar ao poder, já que o padrinho político do jovem pré-candidato Victor Oliveira.

“Sebastião não está preocupado com Serra Talhada, está preocupado com o nome dele, Sebastião é capaz de fazer de tudo chegar onde ele está pensando, porque é muito difícil, um cara ausente que não participa em Serra Talhada, vem pouco, quando vem não pode andar só, um filho da terra que quando vem volta logo. É diferente de quem faz política com lealdade e presença”, cravou.

O deputado petebista ainda desafiou: “Qual o deputado de Pernambuco que dá assistência ao município como eu. É muito pouco, já está na minha agenda vou estar em 25 convenções. Parece mentira, um deputado estadual do Sertão ter 25 candidatos a prefeito. Muita gente diz: Augusto não vai, não se eleger, mas estamos no sexto mandato e o sétimo somando com o de Prefeito. Não quero ter 100 mil votos eu quero ter o suficiente para me eleger e cumprir, ser diferente de quem tem votos demais e não respeita os votos que tem”, questionou.

O apresentador do Programa, Francis Maya, afirmou que ainda durante a entrevista, Augusto insinuou que exonerou Maquinhos Dantas quando era Prefeito porque ele servia a dois senhores. Marquinhos é pré-candidato a vice na chapa do PR de Sebastião.