Após polêmica em Serra Talhada, agora são os vereadores de Floresta que querem aumentar 16% nos próprios salários

Um Projeto de Lei, que determina reajuste do salário dos vereadores, tramita na Câmara Municipal de Floresta, no Sertão de Pernambuco. Se aprovado, o salário de R$ 7 mil começa a vigorar a partir de 2017. Atualmente, um vereador ganha salário de R$ 6,285,27 (sem descontos com INSS), além de diárias para viagens fora do município, entre outros benefícios.

O percentual de aumento corresponde aproximadamente 16% e está abaixo da inflação dos últimos quatro anos. O reajuste do salário dos vereadores acontece sempre a cada quatro anos, mas agora é tempo de crise econômica.

De acordo com o Blog do Elvis, uma sessão para votar o projeto está prevista para esta sexta-feira (23). O prazo máximo da votação é 30 de setembro, antes das eleições. Na justificativa para o projeto, a mesa diretora argumenta: “A presente lei está em conformidade com o que dispõe o artigo 29, Inciso VI, alínea “b” da Constituição Federal, e demais legislações pertinentes. Atende, portanto, à revisão necessária para a legislatura de 2017 a 2020, de acordo com a disponibilidade orçamentária deste Poder Legislativo”.

CLIQUE E RELEMBRE A POLÊMICA EM SERRA TALHADA