Após passar por Serra Talhada, Comissão Itinerante da Mulher chega a Petrolândia

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM) ultrapassou os muros da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e, em ação pioneira, ganhou formato itinerante para  ampliar o diálogo com as mulheres do Estado. O próximo destino da iniciativa será o município de Petrolândia, no Sertão de Itaparica, na tarde desta quinta-feira (16), na Câmara Municipal de Vereadores.

 

O cronograma do colegiado contempla municípios de todas as macrorregiões, onde haverá audiências públicas para discutir questões relacionadas ao empoderamento feminino e combate à violência contra a mulher. No último mês de maio, a Comissão Itinerante da Mulher foi a Condado. Entre os temas debatidos, destacou-se a questão da violência contra a mulher no município. “As cidadãs querem um acolhimento eficaz para as vítimas, a começar pelo atendimento nas delegacias. É preciso que os policiais estejam bem capacitados para compreender o ciclo da violência doméstica”, afirma Simone Santana, presidente da CDDM.

 

Para a parlamentar, a Comissão Itinerante da Mulher fortalece o diálogo entre o poder público e as pernambucanas. “Nossa missão fundamental e determinante é a de ir até as pernambucanas, em todas as microrregiões de desenvolvimento do Estado. Chegar para ouvi-las, trocar ideias e levar novos conteúdos aos municípios”.

 

ITINERÁRIO

A princípio, serão visitados os municípios vencedores do Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres, ação anual desenvolvida pela Comissão da Mulher, em parceria com a Secretaria da Mulher do Estado. Todo mês de março, são premiadas quatro gestões municipais (uma de cada macrorregião do Estado) que se destacam por suas ações voltadas para a mulher. No total, já existem doze prefeituras vencedoras das edições de 2014, 2015 e 2016. Os municípios que já foram contemplados são: Jaboatão dos Guararapes, Condado, Caruaru, Petrolândia, Ipojuca, Garanhuns, Barreiros, Serra Talhada, Cabrobó, Bonito, Vitória de Santo Antão e Paulista.