Apenas um de cada quatro umbuzeiros consegue sobreviver no Sertão pernambucano devido a seca

Até o umbuzeiro, árvore típica da caatinga do semiárido, está sofrendo com a seca extrema. Segundo um estudo da Embrapa, em algumas regiões do Nordeste, como no sertão pernambucano, de cada quatro umbuzeiros, apenas um consegue sobreviver.

O umbuzeiro e as algarobas são exceções de árvore verdes no meio da caatinga acinzentada.  O segredo está embaixo da terra. As raízes têm batatas, ou cafofas, que armazenam água (como os camelos no deserto). Elas vão irrigando a árvore, as pesquisas calculam que um umbuzeiro grande chega a acumular 1.500 litros de água. É por isso que ele atravessa o período de seca verde e dando frutos.