Ângelo Ferreira é oficializado como candidato a Prefeitura de Sertânia, pelo PSB

Vice-presidente nacional do PSB, o governador Paulo Câmara participou, neste sábado (23), da convenção que oficializou o nome de Ângelo Ferreira como candidato do PSB em Sertânia, no Sertão do Moxotó. Durante o ato, Paulo Câmara destacou o compromisso de Ferreira com ideais programáticos do PSB. O ato contou com a participação de várias lideranças políticas da legenda. A candidatura do socialista, que terá Toinho Almeida como companheiro de chapa já conta com o apoio de 17 partidos.

 

Na convenção, Paulo Câmara afirmou que Ângelo é o quadro mais preparado para governar a cidade sertaneja. “Tive a honra de ser secretário com Ângelo Ferreira no primeiro governo de Eduardo Campos, depois tive a honra de ser escolhido por essa frente para governar Pernambuco e agora estou aqui com vocês. Em 2016, a gente vai ter oportunidade de ter uma eleição que vai ajudar o nosso governo a continuar a dar as respostas que Pernambuco precisa dar à população”, disse Câmara. “E é importante a gente ter ao lado alguém que a gente sabe do caráter, da responsabilidade, que temos a certeza de que vai passar os recursos e que esse recurso será bem aplicado. Eu não tenho dúvida de que Sertânia vai mostrar que quer seguir no caminho certo”, complementou o governador.

 

Quadro histórico com PSB, Ângelo Ferreira foi prefeito de Sertânia duas vezes e eleito deputado estadual por três mandatos.  O socialista destacou a união do grupo que apoia sua candidatura. “Estamos juntando a população, juntando gente que ao longo de muito tempo nem esteve junto conosco, mas que agora está no propósito de reconstruir essa cidade. E eu vou precisar muito dessas lideranças, dos partidos que nos apoiam, para a gente começar essa reconstrução de Sertânia e a gente escolheu como slogan ‘a esperança do povo se renova'”, afirmou Ângelo Ferreira.

 

Além do PSB, outros 16 partidos apoiam a chapa de Ângelo e Toinho Almeida. O PV, PDT, PRTB, PMDB, PPS, PROS, PSL, PRB, PP, PEN, PTdoB, PMB, PHS, PRP, DEM e Solidariedade. O ato ainda contou com a participação do senador Fernando Bezerra Coelho, dos deputados federais Danilo Cabral, João Fernando Coutinho, Creuza Peireira e do estadual Diogo Moraes, todos do PSB.