Aneel define reajuste para tarifa de energia elétrica em Pernambuco em 9,99% para 3,5 milhões de clientes

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu, nesta terça-feira (26), as novas tarifas da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). O índice médio de reajuste para o consumidor foi de 9,99%. As novas tarifas entrarão em vigor para os 3,5 milhões de clientes da concessionária no próximo dia 29 de abril, mas o consumidor só irá perceber essa variação nas faturas recebidas a partir de maio.

Os consumidores atendidos em Baixa Tensão, que representam 99% dos consumidores da empresa e incluem os clientes residenciais, terão um aumento médio de 11,66%. Já os consumidores Industriais e Comerciais de médio e grande porte, atendidos em Alta Tensão, terão reajuste de 6,77%, em média.

Além dos valores de tarifas fixados pela Aneel, são cobrados na conta de energia, ainda, os impostos (ICMS, PIS e Cofins) e as Bandeiras Tarifárias, neste mês de abril na bandeira Verde, ou seja, sem acréscimo. Conforme definido pela administração municipal, também é cobrada na conta de energia a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), tributo repassado pela Celpe diretamente para as prefeituras municipais, que são as responsáveis pelos serviços de projeto, implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública.

Do valor cobrado na fatura, apenas 20,7% fica na Celpe para cobrir os custos de operação, manutenção, administração do serviço e investimentos. Os encargos setoriais e impostos continuam tendo uma grande participação nos custos da tarifa de energia elétrica, representando 40,4% da mesma. Já as despesas com a compra e transmissão de energia respondem por 38,9%. Isso significa que, para uma conta de R$ 100,00, por exemplo, R$ 20,70 são destinados efetivamente à Celpe para operar e expandir todo o sistema elétrico de distribuição de energia no estado.

Um Comentário

  • Presente do Governo do Estado 11,66% aumento energia
    Estamos dando emprego a deputados e os mesmos tirando nossos direitos estamos fudidos com esses políticos que só pensam neles.
    Cima ai o aumento da Luz 11,66% pra nós é 16% indústria aí sobra pra gente nos não temos segurança do governo do estado como deputado tem tirando militar ou agente civil pra proteger eles nos não temos cota pra gasolina eles tem nos não temos auxílio paletó eles tem nos só temos direito a ter impostos altos e infração altíssima.