Agricultor é preso com 72 quilos em roça de maconha no Sertão de Pernambuco

Droga foi encontrada em propriedade no Sítio Jardim, em Belém do São Francisco / Foto: divulgação/Polícia FederalFoto: divulgação/Polícia Federal

Um agricultor foi preso nessa quarta-feira (15) suspeito de tráfico de drogas no Sítio Jardim, próximo ao distrito de Riacho Pequeno, em Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco. Ítalo Clebson Torres, 29 anos, cultivava uma roça de maconha próximo à casa dele.

De acordo com informações da Polícia Federal ao NE/10 Interior, foram encontrados plantios já colhidos e uma quantidade de maconha guardada em seis sacos plásticos, cobertos de galhos secos. Após a pesagem, a droga totalizou 72 quilos. O local em que o entorpecente foi encontrado fica a 200 metros da residência do suspeito. A ação foi realizada em parceria com a Polícia Militar.

Maconha estava guardada em sacos plásticosMaconha estava guardada em sacos plásticosFoto: divulgação/Polícia Federal

Dentro da casa, a polícia encontrou ainda uma balança de precisão. O suspeito foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro, também no Sertão. Ele foi autuado por tráfico de drogas e caso condenado poderá pegar penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão. Ele passará por audiência de custódia nesta quinta-feira (16).

Números

Esta é a 19ª apreensão de drogas realizada este ano pela Polícia Federal. Até agora, foram realizadas 29 prisões e apreendidos 24,2 quilos de cocaína, 43 quilos de Skunk, 6,8 quilos de haxixe, 3 quilos de metanfetamina, 3 toneladas e 914 quilos de maconha e 900 gramas de crack.

De acordo com a Polícia Federal, em 2016 foram realizadas 31 apreensões de drogas, totalizando 36 pessoas presas. No ano passado, foram apreendidos dois quilos de pasta base e 5,1 toneladas de maconha; 12,7 quilos de crack; 16,8 quilos de haxixe; 25,1 quilos de ecstasy; 6,1 quilos de matanfetamina; cinco quilos de fenacetina; 16,9 quilos de cocaína; três quilos de bicarbonato de sódio e 12 quilos de manitol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *