Acusado de assassinar policial militar é morto com cerca de 10 tiros em Salgueiro

O crime aconteceu na Rua Sebastião Silva Barros, bairro Nossa Senhora das Graças, próximo ao Posto Girador, em Salgueiro, no sertão Pernambucano, no inicio da noite desta quinta-feira, dia (23), por volta das 18:40, quando a vítima se encontrava na calçada da residência de familiares.
Segundo informações do Blog do Giro Sertão dois indivíduos armados, em uma moto aparentemente tipo Honda Fan de cor preta, surpreenderam MANOEL LOPES DA SILVA, “Neto Fiapo”, também conhecido como “Neto de Julinho”, natural de Salgueiro, efetuando vários disparos de arma de fogo, causando a morte imediata do ex-presidiário e acusado de haver cometido um homicídio na cidade de Salgueiro-PE no ano de 2000 contra o honrado Policial Militar do 8ºBPM Luiz Antônio dos Anjos (L. Antônio), em frente à Churrascaria S-3.
na ocasião, “NETO DE JULINHO”, em companhia EDMILSON SIQUEIRA CÂNDIDO, vulgo “Vaqueiro” e mais homens, (Jada Fiapo e Fernando), mortos em combate com a polícia, humilharam, dominaram, espancaram o policial, que já desfalecido, foi executado com mais de 20 disparos de arma de fogo de vários calibres. O NETO DE JULINHO, também possuía passagem pela justiça por posse ilegal de arma de fogo, e outros crimes, inclusive na região Sul do País.